terça-feira, 27 de agosto de 2013

12 de Outubro - Dia da Criança

 Para comemorar o Dia da Criança 2007, a Superintendência de Cultura Popular da Secretaria de Cultura do Estado do Maranhão preparou uma programação variada e muito feliz para a criançada de zonas ditas carentes de São Luis. Uma das idéias postas em pratica foi a Papagaiada : uma oficina ministrada por um expert no assunto, o senhor Careca. Durante a tarde dessa quinta-feira, onze de outubro, sessenta crianças aprenderam com ele a fazer papagaio. Taboca (*), papel de seda, linha e cola foram postos à disposição da criançada no espaço de criação da Casa de Nhozinho, na rua Portugal. Nada mais apropriado pois em meio às maravilhas do mestre maranhense na fabricação de brinquedos. Todo o ultimo andar do imenso casarão foi ajeitado ao gosto das crianças e à luz de um novo tempo : cor, cabana de indio e brinquedos tradicionais fabricados com material reciclado. Todo um andar para brincadeiras. No atelier ao lado a moçada acompanhou tim-tim por tim-tim as instruções de mestre Careca , fascinadas com a habilidade e as historias desse personagem risonho e colorido da periferia ludovicense. Soltar papagaio, empinar pipa ou arraia*, é uma das diversões mais populares da humanidade. Uma das brincadeiras mais lúdicas e palpàveis da nossa infância. Soltar papagaio é segurar o vento em papel de seda ! "Quem não se lembra das Papagaiadas na praia do Olho d’Agua , há alguns anos em São Luis?" , questionou mestre Careca. Pois então? Depois de fabricarem elas mesmas seus papagaios, as crianças ganharam cada uma um pirulito, daqueles puxa-puxa, em forma de cone, vendidos em tabuleiros de antigamente. Um tabuleiro inteiro foi oferecido às crianças com pirulitos nos sabores de maracujá, morango e caju, feitos por uma senhora que já pequena vendia pirulito pelas ruas dessa cidade. Após distribuição de lanche e pirulitos, as crianças assistiram ao espetàculo teatral O Consertador de Brinquedos. Hoje, dia 12 de outubro, Dia das Crianças, a meninada que ontem fabricou os papagaios com mestre Careca, se reuniu às nove da manhã, no aterro do Bacanga para o concurso de "lanceada" - ganha quem derrubar mais papagaios e resistir mais tempo no ar. As linhas dos papagaios participantes foram cuidadosamente preparadas com cerol (mistura de cola e po de vidro – perigosíssima para aquelas mãozinhas menores e para a vida de motoqueiros, sem contar que é totalmente inutil se você quer só ter prazer em ver sua pipa no ar). Mas enfim!...O vencedor foi ... uma menina !!! Monique foi auxiliada pelo avô que hoje pôde ter certeza de que a netinha tinha assimilado tudo que ele ensinou . Ela derrubou nada menos que oito papagaios, dos trinta e quatro inscritos na competição. O segundo colocado derrubou cinco e o terceiro três. Ao final, todas as crianças foram recompensadas com muito picolé e àgua fresca e todas as pessoas presentes foram contempladas com mais esse momento simples de recreação : uma manhã de sol à beira do rio transmitindo às crianças valores seguros de nosso patrimônio cultural. *taquara lá no sudeste do Brasil **Muito menos prerigosos que os balões, os papagaios também são utilizados em experiências cientificas. Lembram dos para-raios de Benjamin Franklin ? Marilia de Laroche 12102007SL/MA

Nenhum comentário :