terça-feira, 17 de setembro de 2013

Sete de Setembro de 2013

Nada aconteceu. Ninguém nas ruas. A letargia de um sábado de feriado incomoda pela falta de revolução. Silêncio opressor. Calor. Suor. Leseira. O país não vai mudar. Apenas Rio, São Paulo e Minas Gerais lutam pelo gigante. O gigante nem agradece. O poder amordaça a juventude. Sentimento de injustiça. Latente violência. Morte intelectual.