segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Roupa suja se lava em casa


Mais um carnaval...

  Praia Grande, 10 horas da manhã.
 Em meio ao lixo crônico da rua da Palma, o tumulto.


Três bandidos presos no camburão.
Curiosos tentam ver a cara deles através do vidro fumê da viatura.

Da rua dava pra ouvir os gritos do quarto marginal lá dentro no casarão em ruínas.
Dava pra ouvir também os gritos e as pancadas dos policiais:
_ Pah! Fala vagabundo, onde foi que você jogou os celulares que vocês roubaram? Fala, seu fi d'uma égua!!! Pah!

Uma das vítimas abre o porta-malas para reconhecer quem o assaltou.
_ Foi você , né seu filho da puta, que me ameaçou com a faca, não foi seu merda??
Para minha surpresa (e tristeza, devo dizer) o assaltante é o filho de uma vizinha (a tal que adora ouvir musica baixaria a todo volume) e só tem 15 anos de idade.


A polícia encontra os celulares que foram jogados no matagal da casa abandonada. 
O quarto elemento é empurrado para dentro do camburão e ameaça uma das vítimas.

E assim começa mais um carnaval...