quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Com a construção da usina de Belo Monte, o Brasil se põe na contra-mão de tudo que se deseja de bom para o Planeta



Avec la construction de l'usine de Belo Monte, le Brésil se met dans le contre-sens de tout ce que nous souhaitons de bien pour la planéte.

Une âme perfectionnée est une arme.
C’est dans cela que s’appuie toute la spiritualité humaine.
Alors,  la meilleure chose que nous pouvons nous transformer est une bombe.

Estão bebendo do próprio veneno

O Joaquim Itapary, que é homem de ferro da Fundação José Sarney, bem poderia ter tentado colocar juízo na cabeça da tal da Roseana Sarney quando esta inventou de querer pagar dez milhões para que a Beija-Flor, de Nilópolis e do "bicheiro" Anízio, homenageasse o Maranhão.  O tiro vai sair pela culatra e quem será atingido? Mais uma vez, o povão do Maranhão. Em sua coluna de quinta (literalmente), Itapary se revolta contra a porcaria de samba-enredo que a Beija-Flor vai apresentar sobre o Maranhão no maior carnaval do mundo. Vai ser, com certeza, o maior espetáculo da Terra: vamos assistir á mais vergonhosa humilhação já sofrida pelo estado do Maranhão. Infelizmente! Ou, quem sabe, felizmente! Assim acabamos de vez com esse carnaval de insanidades praticado sem recesso pela famiglia Sarney. Nunca pensei que um Beija-Florzinha de nada fosse ajudar a derrubar um monte de carcarás.