quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Hotel Casa Grande (porcherie)


Este é o lixo do pequeno hotel Casa Grande. Este hotelzinho, muita gente conhece por funcionar em pleno centro histórtico de São Luis, bem na rua da Fonte do Ribeirão - um dos cartões postais da cidade que vem sendo limpo e cuidado pela prefeitura . Ele é conhecido também por servir de motel em casos de necessidades. O dono, que só aparece de vez em quando (para buscar a graninha faturada ou levar as compras do mês), entrega a gerência desse, que poderia ser uma pequena mina de ouro do turismo local, nas mãos de uma senhora mal educada e sem a menor qualificação para o turismo, que faz questão de jogar o lixo logo cedo na calçada sabendo que o caminhão só passa á noite (entre nove da noite e três da manhã) só para impor sua autoridade sem noção. A rua, linda, o casarão, lindo, ficam assim sujos e expostos ao sol, aos ratos, gatos e cachoros que vasculham o lixo do hotel espalhando mods, camisinhas de vênus, papel higiênico e outras coisitas mas. Sem contar que a calçada é estreita. O lixo impede as pessoas de passarem. Já perguntei  á essa senhora se não seria possível pedir á faxineira deles para colocar o lixo mais tarde. Para ela é fora de questão, ela põe o lixo "quando quer". Passem lá agora e vocês vão ver as duas, a faxineira e a gerente, assistindo á televisão no hall do hotel e o lixo lá abertamente nojento ao público. Um pedido de fiscalização por parte da vigilância sanitária corre sob o numero de protocolo 258/2011. No prazo de dez dias a SEMOSP virá fazer a inspeção e nós teremos enfim um resultado. Será que vão enfim colocar o lixo no horário solicitado? A tal da gerente está certa da impunidade pois continua desafiando o bom senso colocando o lixo do hotel na esmirrada calçada em horário impróprio. Ela diz que a mulher do dono do hotel é parente dos Sarney. Será por essa razão é que ela pensa poder fazer o que quiser com o espaço público? Não percebe que está sujando e enfeiando a cidade? Será que ser parente de Sarney dá direitos a alguns em detrimento da maioria? Será que nada vai mudar?