terça-feira, 14 de setembro de 2010

SOS Parque Nacional dos Lençóis

Socorro!
As medidas oficializadas pela Portaria nº 63 de 9 de agosto de 2010 sobre o controle do uso do Parque Nacional dos Lençóis são, no mínimo, paleativas, para não dizer totalmente qualquer coisa.
Vou citar apenas duas para dar uma idéia do quão ineficientes são os meios de que dispõe o órgão para aplicá-las.


1- Nas lagoas Azul, Bonita, Esperança e Gaivotas o horário de visitação deverá ser das 7h00 ás 12h30 e das 13h00 ás 18h00 ("podendo ser alterado com autorização da coordenação do parque, que poderá ainda autorizar suspensão de visitação para manutenção e limpeza da área").
2- Fica limitado o transporte á apenas dez pessoas por toyota (*) mas não limitam o número de toyotas por dia. Ou seja, em um dia de alta estação (entre julho e agosto) a gente pode perfeitamente continuar dando de cara com mais de quarenta toyotas estacionadas em volta dessas lagoas esperando que o visitante caminhe um tanto e se delicie nas águas (até então) cristalinas das lagoas dos Lençóis.
Graças á la vida proibiram a farofagem, a bebida alcóolica, os fogos de artifício, qualquer tido de sonorização e produtos de higiene pessoal nas águas das lagoas. Que cada um carregue seu lixo de volta á civilização. E que não façam o mesmo que já fazem pelas ruas de São Luis.
Quanto á exigência de documentação para as toyotas e seus motoristas... Isso também vai ser difícil controlar... A maioria dos motoristas nem tem carteira.
GPS? É o apelido do guia que encontrou uma turma de aventureiros estrangeiros perdidos naquela imensidão.
Credencial de guia de turismo ? O que dá crédito aos guias dos Lençóis é a experiência deles nesse território. A maioria deles nasceu e foi criada ali.
Enfim...
Mais uma "portaria" sem muito estudo ou chance de vingar.