quinta-feira, 22 de julho de 2010

Lágrimas de Crocodilo

Brasil, 22 de julho de 2010 Ai meu Deus... Eu me emocionei com o choro do Lula na entrevista de ontem á Record. Até me arrependi um tanto de ter dito que pensava votar em Serra. Ai... Ele chorou quando falava dos catadores de papel cuja Associação recebeu um “empréstimo”de duzentos milhões de reais. Lula chorou também quando falava dos que um dia sonharam entrar no Palácio da Alvorada e, que em uma audiência com ele próprio nos saguões da imponente e radiosa construção, estiveram lá realizando um sonho. Eu não chorei, é claro que não, mas vê-lo chorar me deu pena... Com certeza o orgulho que ele tem de sua conquista - caraca, o cara virou presidente do Brasil! - é mais que enorme! Qualquer um se orgulharia. E muitos invejariam! Com toda certeza!!! Mas é como me disse um cara uma vez e que se encaixa perfeitamente nesse caso: o mundo é dos caras-de-pau. Convenhamos, nisso o Lula é mesmo um mestre. É o próprio brasileiro! O problema com o presidente Lula ( e com o brasileiro) é que ele faz conchavos demais e está se achando acima do bem e do mal, dá ordens - lembram do Figueiredo que dizia “eu prendo e arrebento” ? O Lula não usa os mesmos termos, mas o sentido é igual, não? – debocha de quem discorda dele, não hesita em burlar as regras do jogo e desfruta da impunidade mantendo a “tradição” em quase todas as instâncias do poder no país. O povo pensou que ele faria melhor que todos os outros presidentes. Ele insiste em dizer que fez... Fez mesmo muita coisa e entre elas, é verdade, a mais voltada para o povão: a Bolsa Família, que ainda no começo não está totalmente adequada á realidade no país. Mas já é alguma coisa... Falta muito! Falta o básico!... Corrijamos um erro de estatística, pois quem elegeu Lula não foi a parcela miserável da população - essa nem vota, não tem papel, nem domicílio fixo. Foi a classe média baixa junto com a maioria da classe média, que também tem sobrenome Silva e via no “metalúrgico” , no operário, no trabalhador ... a salvação do Brasil. Eu mesma, dessa mesma família classe média baixa, voltei para o Brasil acreditando que enfim eu não precisaria mais viver tão longe das montanhas de Minas e que não veria mais violência, nem corrupção, nem miséria... Às vezes me vem ás entranhas uma vontade imensa de processar o Lula por publicidade enganosa. Taí uma coisa que o Lula não pode negar: não foi ele quem criou as montanhas de Minas, mas ele ajudou muito a destruí-las (todo metalúrgico é culpado disso – se pensarmos mais amplo). Lula agora chora... Está cansado, está nas últimas... Tudo que ele quer é eleger Dilma para continuar podendo tudo no Brasil. Tomara que, enquanto não for mais presidente, ele pare mesmo para pensar também em seus erros - eles são realmente imensos – usina de Belo Monte, anistia á grileiros, privilégios e mordomias, energia nuclear... Aí sim ... me dá vontade de chorar...