sexta-feira, 30 de abril de 2010

Vivemos em uma República onde impera a Aristocracia Monarquica-burguesa

No Jornal Pequeno, na coluna Informe JP, de hoje, A MARCA DA CORRUPÇÃO assinada por J. Canavieira. Ao final ele diz: "É de prever-se até onde pode chegar um país cujo presidente apoia e endossa crimes como os praticados por um verdadeiro bando que, á sombra do poder, comete impunemente as piores atrocidades". Pois eu digo, Montesquieu já previu isso com muita clareza quando escreveu as premissas da Revolução Francesa em seu livro Do Espírito das Leis: "A desgraça de uma república advém quando não há mais conluios e isso acontece quando se corrompe o povo com dinheiro: ele se torna indiferente e afeiçoa-se ao dinheiro, porém não mais se afeiçoa aos negócios: sem se preocupar com o governo e com o que nele se propõe, espera tranquilamente seu salário".