sábado, 9 de janeiro de 2010

Angelique Kidjo: um presente da França para São Luis em 2009

Não me perguntem por que só agora escrevo sobre a vinda de Angelique Kidjo á São Luis. Eu ainda quero escrever sobre cada um dos oito projetos que aconteceram em São Luis, mas esse Ano da França no Maranhão me deixou marcas, algumas feito lindas tatuagens, outras bem profundas...Só eu sei. Angelique Kidjo já estava tatuada em minha memória quando nos conhecemos em 2005, no sul da França. Eu trabalhava para uma rádio e ela se apresentou no Festival de Jazz de Juan-les-Pins e pudemos conversar sobre o disco que ela acabara de lançar com registros sonoros feitos na Bahia. Com as comemorações do Ano da França canceladas aqui pelo governo Roseana Sarney, a Embaixada Francesa decidiu presentear a cidade de São Luis em seu dia de aniversário 8 de setembro)trazendo Angelique e sua banda para cantar na praça Maria Aragão. Bem mais que um show de voz, talento e simpatia, a apresentação da cantora Angelique Kidjo em São Luis foi um banho de universalidade. Angelique Kidjo não foi escolhida para essa festa por acaso. Ela, o Benin (seu país natal)e a França têm tudo a ver com as origens do Maranhão.E o público sentiu isso na pele desde as primeiras batidas da percussão. Ela cantou e emocionou e assim homenageou o público de São Luis: “Vou agora cantar uma benção. Acredito que só existe uma raça humana com muita diversidade. E isso é uma riqueza, não uma ameaça. Eu sonho com o dia em que não haverá mais racismo, nem guerras. A música é um instrumento universal e através dela podemos viver em paz. Essa benção vai daqui de São Luis para o Brasil e para o Mundo”. Não havia dúvidas, o público se reconhecia na voz de Angelique, nas palavras ditas em fon, em português, em yorubá. O público se reconhecia no seu jeito de se expressar com o corpo todo diante de um tambor. Acompanhada de músicos simplesmente de primeira, ela encantou a cidade. Merci á la France, ao Escritório da Musica da Embaixada Francesa, á Aliança Francesa e sua diretora Emilie Jacament, á Fundação Municipal de Cultura e á Prefeitura de São Luis. Merci Angelique Kidjo. Feliz Ano Novo! MdL012010